O que é ERP e porque sua empresa precisa de um?

Compartilhe:

O famoso ERP, ou para os mais familiarizados Enterprise Resource Planning (planejamento dos recursos da empresa) é uma ferramenta que pode ser listada como essencial nos dias atuais para as empresas. 

Este sistema permite o controle e apuração de informações das diversas áreas da empresa, sendo mais comum encontrá-las em processos ligados à gestão empresarial tais como comercial, estoque, fiscal ou financeiro. Além disso, tem, como uma das principais características, o acompanhamento em tempo real pelos gestores ou setores relacionados, a respeito de números e ocorrências importantes para processos e para resultados.

Automatizar os processo o mais cedo possível na empresa proporciona o crescimento de forma planejada e organizada, centralizando as informações em único banco de dados, rastreando as informações, desde a captação/contato do cliente até a entrega do serviço ou produto. O sonho de todo gestor, não é? 

Fato é que, diversas empresas, principalmente em um seu estágio inicial, tendem a acreditar que, dependendo de seu tamanho atual, podem se manter em processos manuais (nos quais são utilizados. Porém é exatamente o contrário!

E pra te mostrar, vamos dar alguns motivos para ter software de gestão independente do seu porte atual. Confira nesse post:

1 - Centralização e Organização das informações

Utilizando um sistema integrado, as informações ficam concentradas em um único banco de dados e de fácil movimentação. Por exemplo, quando se trabalha com um processo de captação de clientes, é importante estar acompanhar “o que foi conversado com este cliente?”, “ Quem está conversando com ele?”, “Em quanto tempo esta venda (seja de produto ou de serviço) aconteceu?”. 

Neste caso, ter essas informações em um único local ou um CRM (Customer relationship management – Gestão de Relacionamento com o Cliente) permite que tanto o vendedor quanto o gestor possam acessar de forma rápida e estratégica algo que precisa ser confirmado ou dar uma devolutiva para esse cliente.

Consequentemente, isso pode ajudar a encaminhar o cliente para a compra ou mesmo para o fechamento do contrato de prestação do serviço e, no final, aumentar a eficácia de vendas do seu time.

2- Apoio à formação de estratégias

Para uma boa tomada de decisão é preciso estar embasado em dados e informações com base no dia a dia da empresa. Um bom planejamento pode trazer para a empresa um crescimento organizado e contínuo e para os colaboradores e um processo de trabalho embasado e eficaz, gerando resultados constantes e uma boa percepção ao cliente que é atendido. 

Os administradores da empresa podem traçar estratégias a curto, médio e longo prazo, embasados em fatos e dados disponibilizados pelos relatórios gerenciais gerados em seu ERP. Isso pode ser feito junto a um acompanhamento próximo das tendências de seu mercado, tornando as decisões mais assertivas sem perdas tão significativas ao longo do caminho.

3- Rapidez nos processos internos

O que você faz quando precisa analisar uma situação repassada pelo financeiro sobre redução de custos, avaliação dos recebimentos dos pagamentos feitos pelos clientes ou mesmo analisar seu fluxo de caixa para um próximo investimento? 

Na maioria dos casos, um gestor de uma empresa em que são utilizadas planilhas excel ou documentos, o que acontece é a demora na análise de informações ou mesmo um retrabalho, já que você precisará realizar algumas movimentações para criar gráficos ou inserir informações antes de analisar.

Mesmo se sua empresa hoje, tem um pequeno fluxo de informações, concorda que seria um tempo onde você poderia estar com foco em uma atividade mais estratégica para ajudar sua empresa a crescer ou fechando aquele contrato ideal para sua empresa?

Neste caso, o ERP é uma ferramenta que pode, rapidamente, te fornecer prontos a partir das informações previamente lançadas. Sejam para ações ou avaliações que precisam ser feitas em tempo real como futuras.

Um ponto importante é que nem tudo são mil maravilhas. Quando falamos sobre adquirir e iniciar o uso de um software para a gestão da empresa, o gestor precisa tomar uma decisão focada na aplicação para seu processo interno. Neste caso, precisa se atentar a alguns pontos como: avaliar se a solução possui é flexível possibilitando a contratação dos módulos aplicáveis apenas ao que precisa gerenciar, se oferece suporte às dúvidas levantadas durante o dia a dia por sua equipe, se precisará de alinhamento interno com seus colaboradores para que possam usufruir plenamente da plataforma, entre outras avaliações.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado você gestor a conhecer um pouco mais sobre soluções para gestão. Quer entender mais sobre ERP? Acompanhe o blog e fique por dentro dos próximos conteúdos.

Stephanie Amorim

Stephanie Amorim

Stephanie Amorim é analista de comércio exterior, com grande experiência em processos comerciais. Atua na Arkmeds como consultor de gestão empresarial e busca diariamente ajudar as empresas a encontrar os melhores caminhos para uma boa gestão da empresa. Acredita que, para que as empresas possam obter resultados significativos através de processos de gestão sólidos e bem estruturados, tornando o processo escalável e replicável para crescimento contínuo da organização.
0 0 votes
Classificação do conteúdo
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro Domingos
Pedro Domingos
1 ano atrás

Gostei dos vossos contidos e que gostaria de receber algumas informações por email.

Arkmeds Soluções
Reply to  Pedro Domingos
3 meses atrás

Claro Pedro,

E sempre que precisar ou querer tirar dúvidas entre em contato conosco via email: universidade.com

Aproveito e convido a conhecer a Arkmeds Academy – academy.arkmeds.com

Att,

Categorias

Mais recentes

2
0
Would love your thoughts, please comment.x