A importância em manter limpo o ar condicionado diante a pandemia COVID-19

Tempo de leitura: 5 minutos

O ar condicionado em empresas de grande, médio e pequeno porte é considerado um bem necessário para o conforto e segurança de funcionários, produtos, equipamentos e para as demais pessoas que ali transitam. 

Pensando nisso, a importância da limpeza constante é necessária para garantir o bem estar de todos que estão em contato com o equipamento. Utilizar somente filtros para o ar não é considerada a melhor forma de garantir que o ambiente fique livre de poluições e agentes de contaminação.

Um bom planejamento das atividades, manutenções, bons equipamentos e análise do ar, junto a um PMOC, são fundamentais para ter a qualidade do ar interno de uma empresa.

Inclusive, disponibilizamos gratuitamente um modelo de PMOC para que possa te auxiliar nesse planejamento, basta acessar o material abaixo:

Segundo a Lei Nº 13.589, RE 09 e a Portaria Nº 3.523, é obrigatório a implantação do Plano de Manutenção Operação e Controle (PMOC) e a execução da análise da qualidade do ar. O PMOC é um conjunto de documentos que constam dados da edificação, do sistema de climatização, procedimentos e rotinas de manutenção e limpeza, comprovados por um responsável técnico.

A proliferação de fungos em ambientes climatizados é muito comum onde não se tem uma manutenção periódica dos equipamentos e isso pode desencadear diversas doenças. 

A Resolução da ANVISA possui padrões extremamente rígidos em ambientes climatizados e nesse artigo você vai encontrar formas de combater doenças que podem ser transmitidas por não seguir um plano de manutenção. 

Diante de cenário de pandemia a ABRAVA destaca que algumas medidas preventivas podem contribuir para o funcionamento de um ambiente com segurança, controle do contágio por meio do vírus, e, principalmente a garantia de uma qualidade do ar adequada em favor da saúde das pessoas.

Quatro itens são determinantes para que se garanta a qualidade do ar a ser respirado:

Renovação do Ar – ação que garante a ventilação e circulação do ar, além da diluição do ar no interior do ambiente, desta forma não permitindo a concentração de poluentes, fator que provoca agravos à saúde dos ocupantes;

Filtragem – ação que tem por objetivo reter partículas e micro gotículas, que podem carregar poluentes ou microrganismos como o COVID-19;

Controle de temperatura e umidade – fatores de necessidade física que contribuem com a saúde das pessoas, assim como, também podem inibir a proliferação de determinados organismos como o COVID 19;

Monitoramento da qualidade do ar –   manter o nível de CO2 (dióxido de carbono) dentro dos índices determinados para ambientes é uma das formas de garantia da qualidade do ar respirado em ambientes.

Neste contexto, intensificar serviços de manutenção preventiva conforme indicado no PMOC – Plano de Operação, Manutenção e Controle é uma das ações que visa garantir a segurança das pessoas. Em 2018, foi aprovada a Lei 13.589 referente ao PMOC do ar condicionado que apresenta parâmetros para a Qualidade do Ar, determinados pela  Resolução do Ministério da Saúde – ANVISA, a RE-09/2003, que apresenta os níveis máximos de concentração dos poluentes mais conhecidos e de fácil detecção, entre eles, o índice de CO2 e quantidade de fungos.

A resolução também apresenta os níveis aceitáveis de temperatura, umidade, velocidade do ar e fator de renovação. Entretanto, não há estudos ou evidências científicas de que estas medidas sejam suficientes para conter ou minimizar os efeitos da pandemia.

A verificação de todos os sistemas de renovação e tomada de ar externo, de maneira que estejam limpas, operacionais, com vazões adequadas, filtros de ar em boas condições ,bandejas de condensado limpas e com boa drenagem, ventiladores e serpentinas limpos, e em bom estado, assegura que o ar que respirado no  ambiente fechado está adequado às necessidades das pessoas que circulam em ambientes climatizados, fato que é de responsabilidade do proprietário do estabelecimento.

O que você encontrará nesse artigo

Como evitar doenças causadas por fungos?

A manutenção e a limpeza dos filtros tem como principal função eliminar materiais orgânicos que estejam presentes nas tubulações e filtros, além de manter a vida útil dos equipamentos e o bom funcionamento, evitando assim, variações de temperatura no ambiente.

Em hospitais, salas de cirurgias e ambientes estéreis as medidas recomendadas devem ser intensificadas, e é necessária a utilização de filtros mais potentes, como o filtro A3, que ajuda a evitar a proliferação de fungos de maneira mais eficiente.

Ter um planejamento para realizar as manutenções e demais serviços é muito importante, pois dessa maneira os técnicos evitam atividades repetitivas, além de um plano de manutenção organizar e priorizar as tarefas que precisam ser executadas com mais urgência.

As empresas de climatização precisam estar atentas aos planos e cronogramas feitos aos seus parceiros, garantindo assim a segurança do mesmo e mantendo a qualidade do ar boa. 

Hoje no mercado empresas de manutenção podem contar com o apoio de um software, que tem como objetivo, manter organizado os: 

  • cronogramas, 
  • planos de manutenção, 
  • histórico de cada aparelho, 
  • agilidade no processo, gerando assim a satisfação do cliente, e garantindo que os processos dentro da empresa fique organizados.

Outro ponto importante na utilização de um software, é ter relatórios e indicadores, que ajudam nas tomadas de decisão, apontando melhorias a serem feitas, contribuindo para o bom funcionamento da empresa.

Nesse cenário, se sua empresa busca estar em dia com o PMOC e com a necessidade do trabalho remoto, você quer manter a gestão das atividades em tempo real, conheça o Software para manutenção de ar condicionado. Que vai te auxiliar nesse processo e trazer bons resultados nesse tempo difícil. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *