Sua empresa de manutenção NÃO deve pensar pequeno

Reading time: 5 minutes

Todo empreendedor sonha em ter um negócio que prospere de maneira rápida e sólida mas a realidade muitas vezes não é essa.

Não de uma hora para outra.

O que eu vejo acontecer, com uma frequência assustadora, é que depois de passar a empolgação inicial e a empresa de manutenção não crescer como esperado, acredita-se que é impossível ter um empreendimento de sucesso.

Nesse artigo eu quero (e vou!) te mostrar que, independente da situação que sua empresa se encontra hoje, pequenas mudanças de pensamento e atitude podem mudar o destino da sua vida e empresa!

Então vamos lá!

Pensar grande exige o mesmo esforço que pensar pequeno!

Calma.

Esse não é um artigo de auto ajuda, mas você vai ver que faz todo sentido o que vou falar!

A primeira mudança começa na sua cabeça.

Pode parecer besteira, mas não é.

Se sua empresa de manutenção pensa não conseguir oferecer um serviço melhor, ou então pegar mais contratos, oferecendo outras soluções, quem vai pensar por vocês?

Eu te digo: seu concorrente!

E eu não falo isso pra te assustar. Assim como em outros momentos de sua vida, quem tem o poder da mudança é exclusivamente você.

Além disso, se existem hoje empresas grandes e referências no mercado, certamente elas já foram pequenas um dia.

Vamos ver se você se identifica com as situações abaixo!

Olhe as possibilidades ao invés das limitações

As pessoas tem o péssimo costume de terceirizar a culpa dos seus problemas. Olha essas situações:

   1- Minha empresa não cresce, mas com essa crise não tem como também, né?

   2- Eu cobro barato pelo meu serviço porque meus concorrentes colocam o preço lá em baixo.

   3- Como eu vou pegar mais contratos se eu já não tenho tempo pra respirar hoje?

   4- Minha equipe é muito desorganizada e ineficiente, parece que só eu trabalho nessa empresa.

   5- O mercado de manutenção está saturado, não consigo mais clientes!

Vamos agora analisar as mesmas cinco situações acima pela ótica das possibilidades ao invés das limitações?

   1- Existe alguma empresa de manutenção que continua crescendo mesmo na crise? Muito provavelmente, sim. O que ela tem feito para conseguir? Como eu posso adaptar para minha realidade?

   2- Será que preço é tudo? Se eu entregar minhas manutenções com uma qualidade superior, num prazo de tempo menor e além disso oferecer um serviço extra que o cliente não estava esperando, será que vou continuar brigando por preço?

   3- Como eu gasto meu tempo hoje? Existem tarefas que eu possa delegar para outra pessoa? Existem tarefas repetitivas que eu possa automatizar? Existem ferramentas que substituam atividades manuais?

   4- Os colaboradores receberam o treinamento adequado para exercerem suas atividades? Será que disponibilizei as ferramentas certas ou eles estão perdendo tempo com tarefas que fogem do objetivo?

   5- Como meus clientes atuais me encontraram? Se uma empresa procurar pelos meus serviços de manutenção na internet, ela vai me encontrar ou o concorrente? Eu tenho participado de feiras e eventos para aumentar meu networking?

Percebeu a diferença?

Para ficar mais claro ainda, vou dar um exemplo prático de como sua empresa pode resolver os cinco desafios citados.

Mas antes, caso você tenha se identificado com algum ponto até agora, quer mudar mas não sabe como nem por onde começar, não hesite em conversar com a equipe da Arkmeds.

Diariamente auxiliamos empresas de manutenção que pensam ser pequenas  a mudarem a forma de pensar e agir:

Solicite uma conversa com um de nossos especialistas AQUI

Exemplo prático: Como pensar e ser grande

   1- Realize uma pesquisa de mercado. O que as melhores empresas de manutenção tem feito? Mais ainda, pense além: como grandes empresas de outras áreas tem feito para transformar obstáculos em oportunidade. O segredo é não se acomodar!

   2- Um equipamento parado em um hospital representa lucro cessante. Já pensou que realizar uma manutenção corretiva em menos tempo significa menos prejuízo para a instituição? Além disso, quem realiza os testes de segurança elétrica dos equipamentos? Já pensou em ofertar esse serviço para seus clientes?

   3- Seu papel como dono ou gestor da empresa é mais capacitar e gerir a equipe do que colocar a mão na massa. Como você acompanha o desempenho deles? Se você está atolado com papeis e perde informações com facilidade, passou da hora de pensar em adquirir um software para gestão da manutenção.

   4- Os técnicos da sua empresa sabem realmente realizar uma calibração ou precisam ser capacitados? Além disso, eles contam com analisadores e softwares que automatizem a coleta, análise e interpretação dos dados ou ainda fazem tudo isso em planilhas ou mesmo no papel? Esses detalhes realmente fazem a diferença!

   5- Seja a primeira opção quando alguém procurar por uma empresa de manutenção dentro da sua área de atuação: tenha um site, tenha presença nas mídias sociais, participe de grupos no whatsapp. Além disso, participe de feiras e eventos: Feira Hospitalar, Metrosaúde, Hospitalmed …

Bom, se você chegou até aqui é por que o sinal amarelo acendeu!

A boa notícia é que a mudança está em suas mãos.

Espero que depois de ler esse artigo você comece uma nova caminhada com sua empresa.

Boa sorte!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *