2 Comentários

  1. Cleber Geraldo dos Santos

    Muito bom, esse método ajuda os engenheiros e profissionais da área a enxergar melhor o seu processo de manutenção em suas unidades de EAS.

    Responder

    1. Olá Cleber!
      Que bom que gostou do post.
      Muitos profissionais apenas fazem o cálculo do MTBF porque são cobrados a apresentar esse número para a auditoria. Porém, poucos sabem de fato como interpretar esses resultados e aplicar processos de melhorias em cima dessas respostas.

      Responder

Deixe uma resposta para Cleber Geraldo dos Santos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *